APCINM

Associação dos Profissionais do CINM


 

A História da Associação

A APCINM foi constituída no dia 11 de Novembro de 1998 com o propósito de criar, valorizar e desenvolver oportunidades profissionais no âmbito do Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM). O projecto de criação desta associação partiu de um grupo de 28 profissionais que, no desenvolvimento da sua actividade sentiram a necessidade de estreitar relações e, em conjunto, promover a defesa e valorização das oportunidades no âmbito do CINM. Estes profissionais integram a categoria de “Sócios Fundadores” da APCINM, desempenhando desde logo um papel fundamental na dinamização deste projecto.

 

A Missão

  • Valorizar, criar e desenvolver oportunidades profissionais no âmbito do CINM, através da prática de acções de formação ou informação dos associados, utentes do CINM e população em geral.
  • Contribuir para a preservação e divulgação do CINM como meio propiciador da valorização, criação e desenvolvimento de oportunidades profissionais.
  • Estabelecer e incrementar os contactos com as entidades que operem ou se relacionem com o CINM.

 
O CINM

O Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM) foi criado na década de setenta enquanto instrumento de desenvolvimento económico regional alicerçado na atracção de investimento externo. Os exemplos de regiões com características semelhantes às da Madeira demonstravam que essa era, de facto, a forma mais eficaz de diversificar, modernizar e internacionalizar a economia regional, em moldes sustentáveis no médio e longo prazo. No âmbito deste objectivo fundamental o CINM deveria atingir outros fins:

  • Contribuir para que a Madeira e as suas actividades económicas aumentassem a sua competitividade global;
  • Reduzir ineficiências e fragilidade estruturais, nomeadamente as resultantes da prevalência de sectores tradicionais de muito baixa produtividade;
  • Promover a criação de riqueza regional, no sentido económico;
  • Facultar novas oportunidades de criação emprego qualificado, visando designadamente os quadros jovens, os trabalhadores em situações de sub-emprego e as comunidades madeirenses da diáspora.

O CINM foi, consequentemente, criado tendo em vista estes objectivos e com base em pressupostos que permitissem garantir a eficaz prossecução deste projecto. Actualmente, o CINM conta com aproximadamente 4.000 empresas licenciadas, correspondendo a cerca de 3.000 postos de trabalho directos e indirectos criados na Região Autónoma da Madeira.

As actividades desenvolvidas no âmbito do CINM incluem a prestação de serviços internacionais diversos, actividades marítimas e operações de produção e montagem (actividades industriais). Graças ao tipo de serviços prestado e à qualidade das empresas internacionais que se têm vindo a instalar na Região, o CINM tem suscitado oportunidades profissionais extremamente aliciantes para profissionais qualificados nas mais diversas áreas de formação.